Todos os dias a cidade tem novidades. Sonhos e acções que devem ser contados. Um serviço para Sapo.pt
05 de Julho de 2008

A Associação Eborae Mvsica inicia no próximo fim de semana um conjunto de onze concertos que, em Julho e Setembro, constituem o programa do IX Ciclo Concertos “Música nos Claustros-Encontro de Instrumentos e Vozes Ibéricas", no Convento dos Remédios, em Évora. O Coro Polifónico Eborae Mvsica, direcção de Pedro Teixeira, dia 5, às 21h30 e a soprano Valérie Vervoort, vencedora do Prémio José Augusto Alegria, 2007, na modalidade de Canto, dia 6, às 21h30, animam os Claustros do Convento.

A edição deste ano tem a inovação de se enquadrar nas acções de cooperação e intercâmbio com grupos musicais da Extremadura espanhola. A Música Antiga, a Ópera e a Opereta e os diferentes períodos da criação musical são marcantes nos concertos a realizar.

Programa: dia 5, às 21h30, o Coro Polifónico Eborae Mvsica interpreta Canções regionais portuguesas: Alentejo- Ó Senhora do Amparo (Alentejo) de Fernando Lopes-Graça (1906-1994), Ó Serpa (Alentejo) de Eurico Carrapatoso (1962), O que me diz o vento de Serpa (excerto)- 1- Sombras 2 – “Donde vens ó morte, doce irmã do sono”de Eurico Carrapatoso;
Canções regionais portuguesas: Trás-os-Montes «Motetes para um tempo de Paixão» - excerto Videira da trabona (Cércio, Miranda do Douro) ; Acordai pecadores (Cércio, Miranda do Douro) de Eurico Carrapatoso;Dois espirituais africanos Tuendi oko komunda e Tiko Funa de EuricoCarrapatoso e Timor et non Tremor Quatro cantos tradicionais timorenses 1 – Olarinda; 2 Oh, oh hele oh! 3Loik 4 Lilo eh! de Eurico Carrapatoso.
A direcção é de Pedro Teixeira.
O Coro Polifónico “Eborae Mvsica” dedica-se fundamentalmente à interpretação e divulgação da obra dos polifonistas da Escola de Música da Sé de Évora; estreou-se em 1987, tendo desde então realizado inúmeros Concertos no País e no estrangeiro; obteve a medalha de bronze em Concurso Internacional de Música Sacra de Preveza, Grécia. Desde 1997 é dirigido pelo Maestro Pedro Teixeira.
Pedro Teixeira é licenciado em Direcção Coral pela Escola Superior de Música de Lisboa, onde trabalhou com o Maestro Vasco Pearce de Azevedo. No Coro Ricercare trabalhou com Paulo Lourenço como maestro adjunto, passando a titular em 2002. É elemento do Coro Gregoriano de Lisboa, no qual é solista. Dirige, desde Março de 1997, o Coro Polifónico “Eborae Mvsica”.
Programa: de dia 6, às 21h30, o Recital de Canto, Piano, por Violino Valérie Vervoort (soprano), Jill Lawson (piano) e Eliot Lawson (violino) realiza-se no âmbito da obtenção do 1.º Prémio de Canto na 1.ª edição do Concurso 2007 para Jovens Intérpretes “Prémio José Augusto Alegria”, na modalidade de Canto. Interpretação de obras deSaint-Saëns: Le bonheur est chose légère e Violons dans le soir; de Massenet: Ave Maria; Elégie; ‘Que mes sœurs sont heureuses’ dans «Cendrillon» e ‘Seule, je partirai mon père’ dans «Cendrillon» ; de Gounod: ‘Je veux vivre’ dans “Roméo et Juliette”; de Satie: La diva de l’empire e Je te veux; de Tosti: Ideale; Malia; L’ultima Canzone e Chanson de l’adieu ; de Puccini: ‘Quando m’en vo’ dans «La Bohème» e de Donizetti: ‘Prendi’ dans “l’Elisir d’amore”.
Valérie Vervoort-Lawson, soprano, terminou os estudos de Canto no Conservatório Real d’Anvers instituição onde iniciou a sua aprendizagem na classe de Lucienne Van Deyck. Em Junho de 2003 diplomou-se na classe de Guy de Mey. Tem realizado recitais como solista e participado em várias óperas, em vários países. Jill Lawson, pianista, nasceu no México e iniciou os estudos de piano com a professora Heidi Hendrickx na Academia de Música de Antuérpia e no Conservatório Real de Antuérpia. Em 2004, no Peabody Institute em Baltimore, obteve o Mestrado de Música. Fez vários cursos de aperfeiçoamento, entre outros pianistas, com Maria João Pires. Eliot Lawson estudou na Academia de Música em Antuérpia com D. Mijajev e com L. Souroujon, H. Krebbers e L. Oistrakh no Conservatório de Bruxelas. Eliot constitui um duo permanente com a sua irmã pianista, Jill e David Cohen (solista de violoncelo da Orquestra Filarmónica em Londres). É professor no Conservatório de Amesterdão.

A Associação Eborae Mvsica é uma Estrutura financiada pelo Ministério da Cultura, Direcção Geral das Artes e Direcção Regional da Cultura do Alentejo. O Ciclo tem o Apoio da Câmara Municipal de Évora, Direcção Regional de Educação do Alentejo, Instituto Português da Juventude, Antena 2, Rádio Diana e Diário do Sul e é co-financiado pela União Europeia através do POCTEP, FEDER.

 

publicado por EOL às 07:00
Julho 2008
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
19
20
21
22
24
25
27
28
31
arquivos
2013:

 J F M A M J J A S O N D

2012:

 J F M A M J J A S O N D

2011:

 J F M A M J J A S O N D

2010:

 J F M A M J J A S O N D

2009:

 J F M A M J J A S O N D

2008:

 J F M A M J J A S O N D

2007:

 J F M A M J J A S O N D

Posts mais comentados
mais sobre mim
pesquisar neste blog
 
últ. comentários
"Emigração" é já hoje a palavra de ordem... Infeli...
Agradece-se publicidade ou colaboração na divulgaç...
Sem demérito para a citada, informo que a D. Ferna...
blogs SAPO