Todos os dias a cidade tem novidades. Sonhos e acções que devem ser contados. Um serviço para Sapo.pt
09 de Maio de 2009

Com a presença de representantes de 22 cidades arrancou esta quinta-feira o III Congresso das Cidades Educadoras no Palácio D. Manuel que durante três dias vão trocar conhecimentos e experiências sobre a temática da Educação aliada ao Património.

 


A cerimónia de abertura foi marcada pelas intervenções do Presidente da Câmara Municipal de Évora, José Ernesto d’ Oliveira e da Governadora Civil de Évora, Fernanda Ramos, também ela uma figura desde há muito ligada à temática da Educação. Breves palavras de boas vindas e votos de bom trabalho foram também proferidas por Glória Lima, em representação do Director Regional de Educação do Alentejo.

O Presidente da Câmara Municipal fez algumas reflexões sobre a importância do congresso para a autarquia, sublinhando também o trabalho camarário que tem sido realizado no sentido de oferecer melhores condições no domínio da Educação, o qual passou nomeadamente pela requalificação do Parque Escolar e também pela construção de novos equipamentos.

Realçou também o papel da Universidade de Évora na concentração e irradiação de conhecimento e relembrou a forma como Évora tem defendido ao longo dos tempos o seu património, sendo aqui constituída no Século XX a primeira associação civil do País dedicada à defesa do património, o Grupo Pró-Évora.

Considerando que a defesa do património não se faz fechando-o, mas sim vivendo-o, tal como faz Évora, sublinhou também a responsabilidade de todos a nível educacional no que respeita ao património e manifestou a vontade de prosseguir nesta tarefa de “acrescentar património ao património que herdámos e ter uma cidade viva, participante, actuante, dinâmica na qual a Educação continue a ter um papel central”.

A Governadora Civil de Évora congratulou-se pela participação no Congresso e falou também do valor deste, felicitando o Presidente da Câmara e os trabalhadores camarários pelo esforço que tem vindo a fazer em prol da Educação.

Recordou que o concelho de Évora “é pioneiro naquilo que tem sido o apoio invulgar relativamente à Educação”, salientando o trabalho realizado ao longo dos últimos oito anos, com o lançamento de projectos inovadores pela Câmara em parceria com todos os educadores, os quais têm sido premiados, dando também os parabéns ao Presidente por este esforço e empenho e fazendo votos para que continue nesta linha de actuação, agora ainda com mais responsabilidades, uma vez que a autarquia eborense assumiu um conjunto de novas competências nesta matéria.


 

publicado por EOL às 15:40
Maio 2009
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
11
17
25
28
31
Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

arquivos
2013:

 J F M A M J J A S O N D

2012:

 J F M A M J J A S O N D

2011:

 J F M A M J J A S O N D

2010:

 J F M A M J J A S O N D

2009:

 J F M A M J J A S O N D

2008:

 J F M A M J J A S O N D

2007:

 J F M A M J J A S O N D

Posts mais comentados
mais sobre mim
pesquisar neste blog
 
últ. comentários
"Emigração" é já hoje a palavra de ordem... Infeli...
Agradece-se publicidade ou colaboração na divulgaç...
Sem demérito para a citada, informo que a D. Ferna...
blogs SAPO