Todos os dias a cidade tem novidades. Sonhos e acções que devem ser contados. Um serviço para Sapo.pt
09 de Setembro de 2009

A Câmara de Vila Viçosa manifestou o seu "profundo desagrado" pela morosidade na publicação em Diário da República da Zona Especial de Protecção local, que a autarquia aguarda há mais de dois anos.
O município aprovou uma moção onde refere que o atraso na publicação da ZEP está a condicionar a classificação de património de interesse público em Vila Viçosa, colocando alguns entraves ao processo de candidatura da localidade a Património da Humanidade, pela UNESCO.
No documento aprovado pelo executivo municipal, a autarquia renova o pedido ao ministro da Cultura para proceder "urgentemente" ao envio da Zona Especial de Protecção de Vila Viçosa para publicação em Diário da República.

publicado por EOL às 12:00
Sobre o continuado e repetido furtos de alguns bustos em mármore, dois dos profetas, e um de alegoria mitológica, dos tanques do jardim do polo unversitário da Herdade da Mitra, recomenda-se a consulta a um dos tópicos de que sou autor no Forum Arqueologia, sobre crimes contra o património:

http://arqueologia.informe.com/o-porqun-dos-roubos-do-patrimninio-artn-stico-dt1699.html

Nomeadamente onde divulgo a subtracção desse conjunto de bustos que foram roubados numa primeira vez em 2002, e tendo sido recuperados na posse dos autores dos crimes - um gang de ciganos e tendeiros de Évora - foram recolocados nos seus lugares de origem, sendo novamente furtados há pouco tempo (desconhece-se a data exacta !). E cujas ocorrências á semelhança do que tem acontecido a estatuária antiga furtada no Alandroal; Borba; Portalegre; Colares; Torres Vedras, e redondezas de Lisboa, foram estranhamente ocultadas do conhecimento publico pelas autoridades e pelo lesado a Universidade de Évora. Eu tento explicar porquê !

Cumprimentos.
Sertório Azedas a 12 de Setembro de 2009 às 18:51
Sobre o continuado e repetido furtos de alguns bustos em mármore, dois dos profetas, e um de alegoria mitológica, dos tanques do jardim do polo unversitário da Herdade da Mitra, recomenda-se a consulta a um dos tópicos de que sou autor no Forum Arqueologia, sobre crimes contra o património:

http://arqueologia.informe.com/o-porqun-dos-roubos-do-patrimninio-artn-stico-dt1699.html

Nomeadamente onde divulgo a subtracção desse conjunto de bustos que foram roubados numa primeira vez em 2002, e tendo sido recuperados na posse dos autores dos crimes - um gang de ciganos e tendeiros de Évora - foram recolocados nos seus lugares de origem, sendo novamente furtados há pouco tempo (desconhece-se a data exacta !). E cujas ocorrências á semelhança do que tem acontecido a estatuária antiga furtada no Alandroal; Borba; Portalegre; Colares; Torres Vedras, e redondezas de Lisboa, foram estranhamente ocultadas do conhecimento publico pelas autoridades e pelo lesado a Universidade de Évora. Eu tento explicar porquê !

Cumprimentos.
Sertório Azedas a 12 de Setembro de 2009 às 18:52
Setembro 2009
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
arquivos
2013:

 J F M A M J J A S O N D

2012:

 J F M A M J J A S O N D

2011:

 J F M A M J J A S O N D

2010:

 J F M A M J J A S O N D

2009:

 J F M A M J J A S O N D

2008:

 J F M A M J J A S O N D

2007:

 J F M A M J J A S O N D

Posts mais comentados
mais sobre mim
pesquisar neste blog
 
últ. comentários
"Emigração" é já hoje a palavra de ordem... Infeli...
Agradece-se publicidade ou colaboração na divulgaç...
Sem demérito para a citada, informo que a D. Ferna...
blogs SAPO