Todos os dias a cidade tem novidades. Sonhos e acções que devem ser contados. Um serviço para Sapo.pt
05 de Abril de 2008

Vendas Novas celebra acordo na promoção da logística e vai estar presente na LOGISEXPO, em Saragoça Com o objectivo de promover a próxima edição da FILDA (Feira da Indústria e Logística do Alentejo), o Município de Vendas Novas vai participar na LOGISEXPO (3.ª Feira Internacional de Logística Especializada) que se realiza entre os dias 2 e 4 de Abril em Saragoça, Espanha. A participação nesta Feira deve-se à crescente importância que o sector da logística tem assumido no concelho de Vendas Novas, na região e no país e ao salto qualitativo que se pretende transmitir à FILDA através da participação em certames de relevo internacional, principalmente num país que é dos principais destinos económicos das nossas empresas. A FILDA e a LOGISEXPO têm em comum o facto de ambas assentarem na promoção da actividade logística; de se realizarem em anos diferentes, o que permite divulgar e promover uma feira através da participação na outra e de ambas as organizações pretenderem alcançar expositores e visitantes internacionais. Neste sentido, foi desenvolvida uma parceria, com o apoio da ADRAL – Agência de Desenvolvimento Regional do Alentejo, que irá contar com a participação de diversas entidades públicas e privadas que comungam idênticos interesses ou que o seu papel assume grande dinamismo e preponderância no sector da logística, tais como o Município de Elvas e de Palmela, a SPIVN – Sociedade do Parque Industrial de Vendas Novas, Lda, a Logística Florestal, S.A, o Grupo Londimo, S.A, a LOGZ (Consócio da futura plataforma logística do Poceirão), o BES – Banco Espírito Santo, a APSS – Administração dos Portos de Setúbal e Sesimbra, S.A. e a Revista Logística Moderna. Para fomentar esta participação foi aprovado na reunião de Câmara de dia 19 de Março um protocolo a celebrar entre a autarquia e a LOGISEXPO cujo principal objectivo é estabelecer formas de cooperação entre as duas instituições que promovam iniciativas de divulgação e sensibilização de temáticas de interesse mútuo, nomeadamente na promoção da FILDA 2009 e da LOGIS EXPO 2010. Este protocolo pretende ainda estreitar relações para o fomento de futuras cooperações noutras iniciativas que visem o desenvolvimento económico das regiões onde se inserem ambas as entidades cooperantes.
publicado por EOL às 22:20

ATT00297.jpg

ATT00300.gif

ATT00303.gif

image003.jpg

Caruma Cia. Instável / Madalena Vitorino Portugal 04 e 05 de Abril 08 - 21h30 06 de Abril 08 - 16h00 Teatro Curvo Semedo - Montemor-o-novo _____ Um projecto de Arte Comunitária Coreografado por Madalena Vitorino com música de Carlos Bica Caruma são folhas secas em forma de flecha que descem dos pinheiros, vestem o chão e picam. Caruma é um espectáculo com uma dimensão privada e outra pública, em que ambos os espaços se misturam numa paisagem que mexe. É sobre o que está na margem e no centro. Pessoas da rua, bailarinos e músicos põem o público em contacto com uma comunidade que é a sua, confundindo-o e iluminando-o nessa ideia de unir o centro da sua cidade às margens da arte. O público, uma parcela dessa comunidade, revê-se e descobre-se, adiciona algo de seu ao espectáculo sem o saber previamente. Testemunha a transformação dos seus pares que nessa noite são outros. Pequenos ninhos de público envolvem acções feitas em formato de conluios, conversas de saleta, solos dançados e contados, onde a intimidade da relação espectáculo / público se acende. Caruma é um espaço para anjos nascidos da terra e humanos caídos do céu. Bailarinos, música, acções em catadupa saem de um tapete de caruma. Emergindo do centro da vida, recontam-se no fluxo de um tempo musical. Coreografia em colaboração com os intérpretes - Madalena Victorino Música - Carlos Bica Intérpretes - Ainhoa Vidal, Pedro Ramos, Sophie Leso, Susana Gaspar e Tânia Matos Interpretação Musical - Carlos Bica e Mário Delgado Assistência Artística - Marta Silva Assistência Dramatúrgica - Inês Barahona Desenho de Luz - Horácio Fernandes Professora de voz - Lúcia Lemos Participação Especial - Nuno Nunes Co-Produtores - Companhia Instável, Culturgest, Teatro Nacional São João Apoio - INATEL/ Teatro da Trindade Companhia Instável Direcção - Ana Figueira Direcção Técnica - Ricardo Alves Operação de Luz - Nuno Domingos Consultores Artísticos - Marta Silva e Pedro Carvalho Produção - Joana Martins Assistente de Produção - Jenny Campos Projecto Financiado pelo Ministério da Cultura / DGArtes INFORMAÇÕES E RESERVAS -               266 899 856        |               935421880       
publicado por EOL às 08:00

image001.jpg

Olivença e Juromenha – uma história por contar da autoria de Ana Paula Fitas Intervenções de Moisés Espírito Santo, Professor (Catedrático da Faculdade de Ciências Sociais e Humanas); António Teixeira Marques, Jurista, (Presidente dos Grupos dos Amigos de Olivença); Lina Jan, Geógrafa (Cooperação Transfronteiriça – CCDR Alentejo). Dia 5 de Abril, 16.30 horas Livraria Dom Pepe, Horta da Porta, Évora
publicado por EOL às 07:00
Abril 2008
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
16
17
19
20
22
24
26
subscrever feeds
arquivos
2013:

 J F M A M J J A S O N D

2012:

 J F M A M J J A S O N D

2011:

 J F M A M J J A S O N D

2010:

 J F M A M J J A S O N D

2009:

 J F M A M J J A S O N D

2008:

 J F M A M J J A S O N D

2007:

 J F M A M J J A S O N D

Posts mais comentados
mais sobre mim
pesquisar neste blog
 
últ. comentários
"Emigração" é já hoje a palavra de ordem... Infeli...
Agradece-se publicidade ou colaboração na divulgaç...
Sem demérito para a citada, informo que a D. Ferna...
blogs SAPO