Todos os dias a cidade tem novidades. Sonhos e acções que devem ser contados. Um serviço para Sapo.pt
14 de Abril de 2008

O Alentejo e a Extremadura afirmam a Música como uma componente importante para a sua aproximação cultural, cooperação, diálogo e desenvolvimento cultural das duas regiões. O Conservatório Regional de Évora – Eborae Mvsica, o Conservatório Regional do Baixo Alentejo, o Conservatório Nacional de Lisboa, o Conservatório de Badajoz e o Coro da Universidade da Extremadura realizaram em Évora, entre 7 e 13 de Abril, Concertos e Actividades musicais que envolveram mais de 250 jovens intérpretes e professores. A assistência foi superior a 600 pessoas apesar do mau tempo que se fez sentir.

O vasto programa que integrou, nomeadamente, o Coro “Escolania” do Conservatório de Badajoz, o Coro da Universidade das Extremadura, de Cáceres, o Coro Infantil do CREV; Alunos e Professores do Conservatório Regional do Baixo Alentejo - Piano, Viola dedilhada, Trombone, Trompete e Clarinete; Trio de Trompetes, Ensaio Aberto do Coro II e Piano a 4 Mãos do CREV; Alunos da Escola de Música do Conservatório Nacional de Lisboa – Duo de Violino e Piano; Actividades com crianças dos Jardins de Infância no âmbito do "Projecto de Sensibilização para a Música"- Crianças do Externato de N. Senhora da Piedade; a Orquestra de Violinos, Orquestra Orff e a Aberta do Ensemble de Clarinetes do CREV e o Concerto pelos Professores do Conservatório Regional de Évora – Eborae Mvsica.

Podemos afirmar que Évora pode, com este evento, dar corpo a uma nova etapa que leve a Música a participar de forma efectiva no desenvolvimento global das duas regiões reforçando a componente cultural e artística neste campo e que assumiu relevo especial a participação destes cinco Conservatórios numa clara demonstração de vitalidade do Ensino da Música em Portugal e no seu interesse pela partilha e intercâmbio deste trabalho com a Extremadura espanhola. Este é um passo importante para criar futuramente uma maior articulação e convergência de perspectivas e práticas que levem ao desenvolvimento dos vários domínios da Música, nas componentes pedagógicas e educativas e na futura apresentação pública, com carácter regular, de grupos e solistas, a nível transfronteiriço e até nacional.

Organização: Associação Eborae Mvsica que é uma Estrutura financiada pelo Ministério da Cultura, Direcção Geral das Artes, Direcção Regional da Cultura do Alentejo. Apoio: Câmara Municipal de Évora, Direcção Regional de Educação do Alentejo, Rádio Diana e Diário do Sul. Co-financiado pela União Europeia através do FEDER, no âmbito do Programa de Cooperação Transfronteiriça, Espanha - Portugal, 2007-2013.

publicado por EOL às 15:36

publicado por EOL às 13:10
Abril 2008
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
16
17
19
20
22
24
26
subscrever feeds
arquivos
2013:

 J F M A M J J A S O N D

2012:

 J F M A M J J A S O N D

2011:

 J F M A M J J A S O N D

2010:

 J F M A M J J A S O N D

2009:

 J F M A M J J A S O N D

2008:

 J F M A M J J A S O N D

2007:

 J F M A M J J A S O N D

Posts mais comentados
mais sobre mim
pesquisar neste blog
 
últ. comentários
"Emigração" é já hoje a palavra de ordem... Infeli...
Agradece-se publicidade ou colaboração na divulgaç...
Sem demérito para a citada, informo que a D. Ferna...
blogs SAPO