Todos os dias a cidade tem novidades. Sonhos e acções que devem ser contados. Um serviço para Sapo.pt
06 de Julho de 2007

O deputado social-democrata, Luís Rodrigues, considera inadmissível que um ministro, no exercício das suas funções, promova uma iniciativa partidária.
Em causa estão as declarações do ministro Augusto Santos Silva, na inauguração da Arena d'Évora.
“Não posso compreender que três décadas após o 25 de Abril, este governo continue a misturar e não fazer qualquer separação de poderes, entre o governo e o poder partidário”, disse o deputado.
“Utilizando a função de membro do governo assumiu um compromisso público em nome do partido socialista”, acrescentou.
Recordamos as palavras do Ministro dos Assuntos Parlamentares, proferidas a 23 de Junho, em Évora.
“Estou certo que eu e o senhor Presidente da Assembleia Municipal, o senhor Presidente da Assembleia Municipal com muito mais influência do que eu próprio, estaremos em condições de numa próxima edição dessa organização batalhar com outra força para que ela venha para Évora”, disse Augusto Santos Silva.
Estas declarações levaram o deputado do PSD a entregar um requerimento na Assembleia da República, dirigido ao primeiro-ministro.

by DianaFM

publicado por EOL às 10:37
Julho 2007
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
14
15
arquivos
2013:

 J F M A M J J A S O N D

2012:

 J F M A M J J A S O N D

2011:

 J F M A M J J A S O N D

2010:

 J F M A M J J A S O N D

2009:

 J F M A M J J A S O N D

2008:

 J F M A M J J A S O N D

2007:

 J F M A M J J A S O N D

Posts mais comentados
mais sobre mim
pesquisar neste blog
 
últ. comentários
"Emigração" é já hoje a palavra de ordem... Infeli...
Agradece-se publicidade ou colaboração na divulgaç...
Sem demérito para a citada, informo que a D. Ferna...
blogs SAPO