Todos os dias a cidade tem novidades. Sonhos e acções que devem ser contados. Um serviço para Sapo.pt
27 de Setembro de 2007

As Jornadas Europeias do Património, que são uma iniciativa anual do Conselho da Europa e da União Europeia com o objectivo de sensibilizar as populações para a importância da salvaguarda do Património, são assinaladas este ano em Évora por diversas instituições que promovem visitas guiadas ao seu valioso património monumental, nos próximos dias 28 e 29 de Setembro.
Em 2007 as jornadas são subordinadas ao tema "Património em Diálogo" e o desafio lançado aos vários dinamizadores da iniciativa, coordenados no nosso país pelo Ministério da Cultura, é o de procurarem dar a conhecer ao público os nossos monumentos, ajudando a compreendê-los nas suas múltiplas vertentes.
Deste modo, a Câmara Municipal de Évora, partilhando com outras entidades esse desafio, propõe visitas guiadas ao património vernáculo do seu Centro Histórico nos dias 28 e 29 de Setembro, pelas 15 horas, com partida marcada na Praça do Giraldo. Tratam-se de visitas a habitações de cariz popular do Séc. XV ao Séc.XX., conduzidas pelo Prof. Domingas Simplício, da Universidade de Évora, e pelos historiadores Gustavo Val Flores e João Santos, do Núcleo de Património da autarquia.
A Universidade de Évora promove duas visitas à antiga Universidade Jesuíta do Séc.XVI, às salas de aula de estrutura original que se mantêm em uso e ao valioso património azulejar. O ponto de encontro está marcado para as 15 horas, dias 28 e 29 de Setembro, nos Claustros do Colégio Espírito Santo.

Por seu turno, a Fundação Eugénio de Almeida convida o público a conhecer o Páteo e a Igreja de S. Miguel, o Paço dos Condes de Basto, o Palácio da Inquisição e os Frescos das Casas Pintadas. Marcadas para as 10 horas, estas visitas realizam-se dias 28 e 29 de Setembro e ponto de partida é o Fórum Eugénio de Almeida, na Rua Vasco da Gama.

O Exército Português também aderiu a este ciclo de visitas e abre as suas portas para duas visitas diferentes, ambas a realizar dia 29 de Setembro. A primeira é ao Quartel dos Castelos e terá início às 10 horas, a segunda é ao Hospital Militar e à Igreja da Graça, às 15 horas.

O acesso a estas visitas é livre, mas carecem de inscrição por motivos de lotação. Para as propostas da Câmara Municipal e do Exército Português os interessados devem contactar o Posto de Turismo da Praça do Giraldo (tel.: 266 777 071), para as visitas da Universidade de Évora está disponível o telefone 266 745334, enquanto que para a o roteiro proposto pela Fundação Eugénio de Almeida o local de inscrição é o Fórum Eugénio de Almeida.

publicado por EOL às 08:00
Sobre o descaminho de azulejos e elementos arquitectónicos de edifícios históricos nacionais, recomenda-se a consulta ao site americano da actividade comercial do, até á pouco tempo, presidente da Associação Portuguesa de Antiquários, onde se pode observar um inacreditável catálogo de peças desses géneros, actualmente á venda nos E.U.A. (e estas só do estabelecimento de Palm Beach, pois as mais valiosas encontram-se em exposição em Manhattan).

http://www.solarantiquetiles.com/

Não obstante não duvidar da licitude desta actividade, que não ponho em causa, é pertinente interrogarmo-nos sobre quantas destas exportações definitivas de património histórico-artístico com mais de cem anos, é que foram solicitadas, e autorizadas pelos serviços competentes do Ministério da Cultura ?

Antiquário que até presta serviços de consutadoria á PJ no programa "SOS Azulejo" (?).

http://mais.uol.com.br/view/7945qmbpogar/tradicionais-azulejos-de-lisboa-sao-cada-vez-mais-roubados-0402306ECC916326?types=A&

Peças que há cerca de duas décadas são sistematicamente furtadas em Portugal por catálogo e por encomenda, por elementos de uma organização criminosa internacional, constituida por bandos de gatunos operacionais de etnia cigana, e seus associados italianos e dos Países Baixos, que os organizam e distribuiem a mercadoria ilícita pelo mercado mundial. Indivíduos sobejamente conhecidos das autoridades judiciais nacionais, e internacionais, e que estranhamente não são eficazmente combatidos. Sendo classificados de um "grupo de ladrões ainda não identificado" !

http://sic.aeiou.pt/online/video/informacao/Reportagem+Especial/2009/1/sospatrimonio.htm

Faz-se entretanto pesquisa na net, designadamente na Ebay, para alegadamente cumprir e explicar o desempenho de funções, onde se detectam azulejos avulso, produto da pequena delinquência, e "esquece-se" o impune "comércio a grosso" das obras de arte valiosas.

http://video.msn.com/video.aspx?mkt=pt-br&vid=6f951fda-f648-4302-a426-462c531a269d

http://mais.uol.com.br/view/1575mnadmj5c/roubo-de-azulejos-em-portugal-ameaca-patrimonio-historico-040262DCC16366?types=A&


Com consideração.
Sertório Azedas a 11 de Agosto de 2009 às 22:30
Sobre o descaminho de azulejos e elementos arquitectónicos de edifícios históricos nacionais, recomenda-se a consulta ao site americano da actividade comercial do, até á pouco tempo, presidente da Associação Portuguesa de Antiquários, onde se pode observar um inacreditável catálogo de peças desses géneros, actualmente á venda nos E.U.A. (e estas só do estabelecimento de Palm Beach, pois as mais valiosas encontram-se em exposição em Manhattan).

http://www.solarantiquetiles.com/

Não obstante não duvidar da licitude desta actividade, que não ponho em causa, é pertinente interrogarmo-nos sobre quantas destas exportações definitivas de património histórico-artístico com mais de cem anos, é que foram solicitadas, e autorizadas pelos serviços competentes do Ministério da Cultura ?

Antiquário que até presta serviços de consutadoria á PJ no programa "SOS Azulejo" (?).

http://mais.uol.com.br/view/7945qmbpogar/tradicionais-azulejos-de-lisboa-sao-cada-vez-mais-roubados-0402306ECC916326?types=A&

Peças que há cerca de duas décadas são sistematicamente furtadas em Portugal por catálogo e por encomenda, por elementos de uma organização criminosa internacional, constituida por bandos de gatunos operacionais de etnia cigana, e seus associados italianos e dos Países Baixos, que os organizam e distribuiem a mercadoria ilícita pelo mercado mundial. Indivíduos sobejamente conhecidos das autoridades judiciais nacionais, e internacionais, e que estranhamente não são eficazmente combatidos. Sendo classificados de um "grupo de ladrões ainda não identificado" !

http://sic.aeiou.pt/online/video/informacao/Reportagem+Especial/2009/1/sospatrimonio.htm

Faz-se entretanto pesquisa na net, designadamente na Ebay, para alegadamente cumprir e explicar o desempenho de funções, onde se detectam azulejos avulso, produto da pequena delinquência, e "esquece-se" o impune "comércio a grosso" das obras de arte valiosas.

http://video.msn.com/video.aspx?mkt=pt-br&vid=6f951fda-f648-4302-a426-462c531a269d

http://mais.uol.com.br/view/1575mnadmj5c/roubo-de-azulejos-em-portugal-ameaca-patrimonio-historico-040262DCC16366?types=A&


Com consideração.
Sertório Azedas a 11 de Agosto de 2009 às 22:32
Setembro 2007
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
16
23
30
arquivos
2013:

 J F M A M J J A S O N D

2012:

 J F M A M J J A S O N D

2011:

 J F M A M J J A S O N D

2010:

 J F M A M J J A S O N D

2009:

 J F M A M J J A S O N D

2008:

 J F M A M J J A S O N D

2007:

 J F M A M J J A S O N D

Posts mais comentados
mais sobre mim
pesquisar neste blog
 
últ. comentários
"Emigração" é já hoje a palavra de ordem... Infeli...
Agradece-se publicidade ou colaboração na divulgaç...
Sem demérito para a citada, informo que a D. Ferna...
blogs SAPO