Todos os dias a cidade tem novidades. Sonhos e acções que devem ser contados. Um serviço para Sapo.pt
28 de Novembro de 2007

A Comissão de Coordenação e Desenvolvimento Regional do Alentejo consciente das implicações que a Logística representa para o arranque de uma nova fase de desenvolvimento para a região, vai promover no próximo dia 30 de Novembro, no seu auditório pelas 10 horas, um encontro, destinado a debater estas novas oportunidades.
O programa proposto para este encontro é inspirado no potencial logístico regional, e tem em conta as perspectivas macro-económicas associadas à localização estratégica do porto de Sines, do desenvolvimento do aproveitamento de fins múltiplos de Alqueva, do Aeroporto de Beja, da plataforma logística de Elvas e de todo um conjunto de investimentos que ultimamente se têm vindo a manifestar na região e que pretendem fazer com que o Alentejo possa ser reconhecido, interna e externamente, como uma região capaz de gerar, pela sua dinâmica empresarial, riqueza e emprego; uma região aberta ao exterior, com qualidade de vida global e exemplar no plano ambiental
Esses investimentos têm vindo a aumentar de forma evidente o potencial logístico da região. Hoje, o Alentejo pode apresentar-se como um espaço de múltiplas vocações, beneficiando de um território pouco congestionado, com um ambiente preservado e qualificado e possuidor de importantes dinâmicas logísticas no contexto nacional.
A região tenderá a ser cada vez mais uma referência num contexto de afirmação de Portugal como fronteira atlântica da Europa e no "hinterland" ibérico, em particular.
A proximidade a Lisboa, a contiguidade espacial com o Algarve, toda a orla marítima e as relações de vizinhança com a Espanha (em particular com a Extremadura e Andaluzia), colocam o Alentejo numa posição privilegiada, num quadro de articulação nacional e transnacional.
As valências regionais associadas aos centros logísticos existentes, a proximidade da futura Plataforma Logística do Poceirão e também dos portos de Setúbal e Lisboa, bem como o aeroporto de Beja, e o impacto regional das novas redes ferroviárias de passageiros (TGV) e mercadorias, são factores de inegável importância e que constituem uma excelente oportunidade para a logística regional.
A criação de uma estrutura regional que potencie e promova o efeito logístico presente em Sines e programado para Elvas, com o objectivo de criar uma imagem de marca associada à logística regional, a designar por “Alentejo Logístico”, à semelhança do que acontece em Espanha com Aragon Logistica (que inclui a PLAZA – Plataforma Logística de Saragoça), com a MPL – Madrid Plataforma Logística ou com a PLAE – Plataforma Logística Aquitaine/Euskadi, que associa as regiões de Aquitânia e do País Basco, poderá tirar melhor partido das potencialidades logísticas regionais.
publicado por EOL às 14:19

CorretorEmoji

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.

Novembro 2007
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
11
12
17
18
25
26
Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

subscrever feeds
arquivos
2013:

 J F M A M J J A S O N D

2012:

 J F M A M J J A S O N D

2011:

 J F M A M J J A S O N D

2010:

 J F M A M J J A S O N D

2009:

 J F M A M J J A S O N D

2008:

 J F M A M J J A S O N D

2007:

 J F M A M J J A S O N D

Posts mais comentados
mais sobre mim
pesquisar neste blog
 
últ. comentários
"Emigração" é já hoje a palavra de ordem... Infeli...
Agradece-se publicidade ou colaboração na divulgaç...
Sem demérito para a citada, informo que a D. Ferna...
blogs SAPO